Divagando sobre a realidade – Parte 2 – Não acredite em nada, mas entenda o quanto puder

Voltando a divagar sobre a realidade, porém dessa vez brevemente.

Temos sempre que levar em consideração que, supondo que existe apenas uma realidade comum a todos nós, certamente nós enxergamos apenas uma pequena porção da mesma e enxergamos através de toda a nossa carga mental de necessidades, medos, vontades e etc.

Talvez o que devíamos estar buscando fazer seria emancipar nossa forma de pensar de nossa carga mental. Pensarmos de forma cada vez mais livre, o menos carregada possível.

Devemos estar conscientes de que não enxergamos totalmente a realidade e que a nossa percepção da mesma coisa em grande parte das vezes difere das percepções das outras pessoas.

Para finalizar, deixo esse vídeo muito interessante que fala um pouco sobre isso e deixa uma lição valiosa. Eu sou extremamente agradecido ao criador desse vídeo por resumir tanta coisa que eu queria expressar de maneira tão sucinta e inteligente.

Sobre Guilherme

Sou estudante de Ciência da Commputação e tenho meu foco especialmente voltado para a área de jogos a qual me interesso desde meus primeiros contatos com um computador. Nas horas vagas sou também ativista do Movimento Zeitgeist e do Projeto Venus e filósofo de botequim.
Esse post foi publicado em Curta o Curta e marcado , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s